Agradecemos por assinar nossa newsletter!

Você receberá um e-mail confirmando a sua inscrição em nossa newsletter, não esqueça de checar a sua caixa de SPAM.

Continue lendo nossos artigos
Assine nossa newsletter

Receba em seu e-mail o melhor conteúdo para automatizar as suas estratégias de marketing, vendas e suporte!

Vendas — 6 min de leitura

O guia completo da automação de vendas: como saber se é a hora certa de automatizar os processos de sua equipe, dicas e mais

Por Carolina Gomes

Publicado em 08/09/2021

O aumento de receita e lucro de uma empresa está no radar de qualquer gestor comercial, mas o que você está fazendo para alcançar esse objetivo? Escalar as operações do negócio é essencial para quem quer aumentar a rentabilidade e, consequentemente, continuar expandindo sua marca. É por isso que a automação de vendas é a chave para o sucesso de empresas que querem crescer

E, para isso, contamos com uma poderosa aliada: a tecnologia. Longe de ter carros voadores ou teletransporte, podemos eliminar tarefas repetitivas, porém importantes, reduzir erros e, mais do que isso, economizar muito tempo e dinheiro. 

A automação torna todo o processo de vendas mais eficaz. Com a ferramenta correta, você otimiza a rotina de trabalho da sua equipe, evita retrabalho e o tempo perdido, que os vendedores poderiam utilizar para fechar mais vendas.

Vamos entender a fundo o que é automação de vendas e como implementá-la no seu negócio, continue a leitura e confira!

O que é automação de vendas?

Sabe aquelas tarefas repetitivas como pintar de verde ou vermelho, numa planilha de Excel, um contato que você acabou de realizar? Esse tipo de processo consome muito tempo e não sobra nada para fechar uma venda. 

A automação é, portanto, responsável por garantir que você se concentre apenas em vender. Para isso, as tarefas manuais são substituídas por softwares de computador que, além de ajudar a priorizar os contatos, contribuem para o acompanhamento do lead em todas as etapas do funil.

Assim, a automação de vendas é peça fundamental para escalar as operações de qualquer empresa e priorizar o esforço de trabalho de cada um. Por isso, você não deve deixá-la de lado quando estruturar a sua estratégia de aquisição de clientes, tudo bem? 

Por que tomar a decisão de automatizar a sua força de vendas?

Você pode ainda ter dúvidas se deve ou não automatizar a força de vendas da sua empresa, mas alguns sinais são claros: é preciso ajustar o seu jeito de trabalhar às novas tecnologias para não ficar para trás.

Só para exemplificar, imagine que uma empresa decide implementar o delivery e começa a aceitar pedidos por WhatsApp; o principal desafio é conciliar o volume de atendimento tanto por telefone quanto por aplicativo. Aliás, situações como essa são mais comuns do que você pensa e as empresas não conseguem identificar gargalos, e isso retarda o crescimento.

Aqui, a equação é básica: sem atender os clientes, a empresa não vende e a conta fica no vermelho no fim do mês. E é aí que a automação de vendas pode fazer a diferença, automatizando o atendimento com o uso de um chatbot no WhatsApp. Um chatbot seria ideal para cuidar do fluxo de pedidos enquanto os funcionários preparam, embalam e enviam os pedidos. 

Mas não é só isso, algumas vantagens em aderir a automação da força de vendas são:

  • Relatórios precisos; 
  • Dados atualizados em tempo real;
  • Integração das etapas do funil de vendas;
  • Comunicação com o cliente omnichannel, e por aí vai!

Lembre-se de oferecer as ferramentas necessárias para que o seu time alcance os melhores resultados!

Quer aprender mais sobre vendas no WhatsApp? Saiba como utilizar o WhatsApp Business API para impulsionar as duas vendas!

Como a automação pode transformar a cadeia de vendas?

Uma pesquisa do McKinsey Global Institute (MGI) indica que mais de 30% das atividades de vendas podem ser automatizadas. Isso porque aproximadamente um terço dos processos e operações de vendas podem ser facilmente otimizados com a tecnologia.

Diante disso, a automação da cadeia de vendas atua tanto no processo de planejamento quanto no pós-venda. Confira, a seguir, como automatizar cada etapa do seu processo de vendas!

Planejamento e estratégia

Com a automatização vem um grande ganho para a sua equipe de vendas: o tempo. Ainda mais para definir estratégias e planejar os próximos passos da equipe, o gestor pode ficar exclusivamente nos processos e nas pessoas. Otimizando desde o funil de vendas até a jornada de compra, sem se esquecer da manutenção do relacionamento com clientes e clientes em potencial. 

Funil de vendas ou pipeline

A vantagem aqui é gerenciar de forma eficiente o funil de vendas da sua empresa e identificar em qual etapa cada lead está, o quanto ele já avançou e dar aquela forcinha para que ele ande através do pipeline. Além de qualificar os leads corretamente para aumentar as chances de fechar novos negócios. Veja mais sobre isso no tópico a seguir!

Qualificação dos leads

Qualificar leads é tão importante que não pode simplesmente ser feito através de planilhas. Hoje já existem ferramentas digitais que te ajudam a atrair, qualificar e nutrir toda a sua base de leads em apenas alguns cliques.

Você pode criar um alerta e pegar leads bem qualificados e com potencial de fechar uma venda em softwares, como um ERP (Enterprise Resource Planning). Ou, se já usar um WhatsApp, basta integrá-lo com um chatbot para coletar o maior número de informações possíveis sem deixar que o lead esfrie. 

Pós-vendas

O cliente comprou, e agora? Lembre-se de que, mesmo passando a bola para o time de sucesso do cliente, as estratégias de pós-vendas também devem ser focadas no relacionamento com o cliente. Além do Cross/Up-selling, é claro, demonstrações de como funciona o produto são bem-vindas. E, sim, dá para automatizar o pós-vendas também! 

Conheça algumas tecnologias que vão te ajudar a colocar tudo isso em prática, continue a leitura!

Como colocar a automação de vendas em prática com a tecnologia?

Segundo a McKinsey Global Institute (MGI), os chatbots podem aumentar o tempo de vendas dos vendedores entre 15% a 20%. Na prática, enquanto um bot conversa com o cliente em potencial, ele coleta informações relevantes para o seu time de vendas.

Podemos, ainda, continuar no exemplo do restaurante. Não é viável para o cliente pedir o cardápio do restaurante e recebê-lo só no outro dia, muito menos deixar para responder a dúvida do lead sobre o produto dias depois.

Pensando nisso, a integração do chatbots com o WhatsApp mostrou-se muito eficaz na hora de eliminar os gargalos do atendimento de várias empresas. O robô consegue selecionar clientes e entrar em contato com eles de forma independente por SMS e, nesse contexto, o próprio WhatsApp. Incrível, né?

7 benefícios da automação de vendas

Agilidade

Com a automação da força de vendas, o tempo gasto entre anotar um pedido e fechar a venda é muito menor do que se todo o processo fosse feito manualmente.

Aumenta a produtividade

Ao automatizar todas as tarefas corriqueiras, mas ainda assim indispensáveis, sobra tempo para focar no que realmente importa: vender mais.

Otimiza o tempo

A frase “tempo é dinheiro” é familiar para você? Não só para quem trabalha diretamente com vendas, o tempo é um recurso precioso que não podemos desperdiçar. Isso significa que a automação torna tudo mais rápido e menos trabalhoso.

Reduz custos

Eliminando gargalos, consequentemente as chances de fechar uma venda são ainda maiores. Com isso, o time de vendas entra em contato somente com o lead que já está pronto para fechar negócios. 

Aumenta as taxas de conversão

Parece clichê, mas prospects com o perfil ideal da sua empresa têm mais chances de conversão, certo? Quando o sistema distribui, de maneira inteligente, o lead correto, você vende mais. 

Diminui erros

A automação de vendas reduz bastante os erros que impactam diretamente na receita da empresa. Ou seja, um telefone incorreto ou um e-mail incompleto prejudica o contato com o cliente e essa venda estará perdida.

Gerencia leads 

Ferramentas de disparo de mensagens automáticas têm aos montes por aí e você, com toda certeza, já esbarrou em alguma delas. Embora seja de praxe qualificar seus leads à moda antiga, a automação permitiu que essa etapa também fosse otimizada no digital. 

Como construir um processo de automação que traga resultados?

Essa é a pergunta do milhão, não é mesmo? Antes de mais nada, para começar a automatizar o trabalho da sua equipe, fique de olho nas dicas que separamos a seguir!

De nada adiantará se a sua empresa não tiver um planejamento já definido. Aliás, objetivos são importantes para que você identifique se precisa ou não passar toda a sua operação para o digital. 

Quer vender mais? Quer aumentar as taxas de conversão? Dar aquele empurrãozinho no lead dentro do funil de vendas? Esses são bons objetivos para um começo! Se o seu objetivo é ter resultado, vale a pena planejar bem. 

Feito isso, é o momento de escolher a ferramenta que mais se adeque às suas necessidades. Pesquise, veja se a solução te ajuda com os relatórios e toda a parte burocrática, se diminui as papeladas que o seu time precisa preencher, se tiver a opção de criar alertas e atribuir funções, melhor ainda!

Agora, você pode usar aplicativos, como o WhatsApp, para qualificar melhor os leads que chegam até você. Converse com um de nossos especialistas em automação de WhatsApp! 

automação de vendas, O guia completo da automação de vendas: como saber se é a hora certa de automatizar os processos de sua equipe, dicas e mais

 

0

Carolina é analista de Conteúdo, graduada em Letras pela UFRJ e poeta nas horas vagas.

Assine nossa newsletter

Receba em seu e-mail o melhor conteúdo para automatizar as suas estratégias de marketing, vendas e suporte!